quinta-feira, 16 de junho de 2016

Vítimas de fraudes por celular devem reclamar no Procon, fazer B.O e ação judicial

As vítimas de fraudes cometidas por celular devem abrir reclamação no Procon, registrar Boletim de Ocorrência e entrar na Justiça comum contra a operadora envolvida. A recomendação é da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor de João Pessoa (Procon-JP).

Leia mais Notícias no Portal Correio  e naçãoruralista.com.br

Segundo o Procon, as principais denúncias dizem respeito à utilização do cadastro de um chip pré-pago por terceiros usado em fraudes e trotes através de ligações e mensagens, envolvendo, inclusive, até questões pessoais e de foro íntimo. 

Devido ao crescimento do número desse tipo de reclamação, o Procon-JP informou que vai propor à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) que apenas as lojas credenciadas pelas operadoras sejam responsáveis pela comercialização e serviço de cadastro, e de forma presencial.

O secretário do Procon-JP, Marcos Santos, também recomenda aos consumidores que façam prints de todas as mensagens recebidas que caracterizem fraude ou trote para serem usados como provas nos processos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário