quarta-feira, 13 de abril de 2016

PP, de Aguinaldo Ribeiro, decide apoiar o impeachment

O Partido Progressista (PP) decidiu nesta terça-feira (12) declarar voto favorável à aprovação do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados. De acordo com o líder do partido e ex-ministro das Cidades do governo Dilma, Aguinaldo Ribeiro (PB), que apoiou a presidente na comissão do impeachment, a "ampla maioria" da bancada deliberou pela votação favorável ao impedimento no próximo domingo, na sessão da Câmara marcada para as 14h.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio
 E NAÇÃORURALISTA.COM.BR


Ausente de praticamente todas as sessões da comissão especial do impeachment, o deputado Paulo Maluf (SP) foi um dos que votaram para que o partido apoie o pedido de afastamento de Dilma.

"A bancada do PP, depois de muitos debates, decidiu pela unidade e hoje sai unida. A decisão é histórica e leva à unidade do partido. Vamos sair daqui e comunicar ao presidente [Ciro Nogueira]". De acordo com o deputado Esperidião Amim (SC), 37 dos 49 deputados do partido votarão a favor da abertura do processo de impeachment. O deputado Sandes Júnior (GO) explicou, no entanto, que não haverá punição para os que não seguirem a orientação da liderança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário