quinta-feira, 14 de abril de 2016

Pianista franco-brasileira toca em JP no projeto Música do Mundo

No âmbito da Francofonia, a próxima edição do projeto ‘Música do Mundo’ traz a João Pessoa a pianista franco-brasileira Juliana Steinbach. Nascida em João Pessoa, mas com carreira consolidada na França e em vários países europeus, ela fará um concerto único de música clássica na capital paraibana. A apresentação acontece na terça-feira (19) às 20h30, na Sala de Concertos Maestro José Siqueira do Espaço Cultural José Lins do Rego, no bairro de Tambauzinho. Os ingressos custam R$ 10 (inteiro) e R$ 5 (meia entrada). Para quem optar pela compra antecipada, a bilheteria abre às 18h.

Leia mais notícias de Entretenimento no Portal Correio


Conhecida de grandes anfiteatros franceses e famosos palcos da Europa, Juliana toca regularmente em Paris. A artista começou a se dedicar aos estudos musicais na França, quando iniciou a formação no Conservatório de Lyon e posteriormente seguiu se aperfeiçoando no Conservatório de Paris. Lá, a pianista obteve o primeiro prêmio de piano e de música de câmara e, em 2002, por unanimidade, foi admitida na pós-graduação e tornou-se aluna de Jacques Rouvier, grande pianista francês. Na ocasião, Juliana foi premiada pela Fundação Alfred Reinhold com um piano de cauda Blüthner. Posteriormente, também foi aluna de outro grande nome da música, o pianista italiano Franco Scala, na Academia Pianística Internacional de Imola (Itália).

A artista possui várias premiações, como a do Concurso Internacional Artlivre, em São Paulo (2001). Na França, recebeu o Grande Prêmio e o Prêmio Especial do Fórum Musical da Normandia entre diversos prêmios. Além do sucesso reconhecido em competições, desde 2011, a artista faz parte do Trio Talweg, ao lado do violinista Sébastien Surel e do violoncelista Éric-Maria Couturier. Juliana também é solista da Orquestra Sinfônica Lírica de Paris e da Orquestra Sinfônica da Paraíba (Brasil).

Juliana Steinbach é fundadora e diretora artística dos festivais “Música em Brionnais”, desde 2005, na Borgonha do Sul e do “Transylvania Chamber Music Festival”, desde 2014, na Romênia.

Sua discografia inclui – além de dois discos com obras para piano solo de Debussy e Mussorgsky – cinco gravações de música de câmara, com obras de Brahms, Shostakovich, Messiaen, Fauré, Franck, Ravel e Schumann, gravações produzidas entre 2001 e 2009 na França e na Alemanha.

Música do Mundo

Uma vez por mês, a Sala de Concertos Maestro José Siqueira recebe o projeto Música do Mundo, ação promovida pela Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) de valorização dos artistas e, em especial, da música instrumental. 

Com a ação, a Funesc pretende oferecer um panorama da produção instrumental mundial à população, ampliando dessa forma o acesso às mais variadas vertentes da música. O projeto também oportuniza aos artistas da região ter mais acesso à produção mundial, o que reflete, inclusive, na criação do trabalho desenvolvido pelos músicos do estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário