Homem faz barraco em mata para fugir do aluguel em JP e é preso por crime ambiental

Um homem de 32 anos foi preso suspeito de crime ambiental ao ser flagrado pela polícia cortando árvores no Parque Estadual das Trilhas e dos Cinco Rios, que tem vegetação da Mata Atlântica, para usar a madeira na produção de cercas e de um barraco onde morava, em João Pessoa. A informação foi divulgada nesta sexta (15).

Leia mais Notícias no Portal Correio e naçãoruralista.com.br

Além de cercas, o suspeito teria usado a madeira também para produção de utensílios. Na Delegacia de Meio Ambiente, o homem teria dito que morava no barraco porque seria mais vantajoso do que pagar aluguel na cidade, confessando a prática.

Além da prisão, foi imposta ainda uma multa de R$ 200 pela prática de dano à unidade de conservação, considerando o desmate e a ocupação irregular da área.

Segundo a polícia, o homem deverá responder por dano direito ou indireto à unidade de conservação, com pena de reclusão, de um a cinco anos (em abstrato). Por ser crime inafiançável, ele foi encaminhado para a Carceragem da Central de Polícia.

Postar um comentário

0 Comentários