Tubarão arrastado e morto na PB é macho; suspeitos do crime são procurados

O tubarão achado e morto no Litoral da Paraíba, é macho, segundo a Polícia Civil. Testemunhas afirmaram no local que se tratava de uma fêmea com filhotes, mas a polícia constatou que os peixes menores encontrados perto do tubarão eram rêmoras, que têm relação comutativa. O delegado Ragner Magalhães está investigando. Veja o vídeo abaixo.
Leia mais Notícias no Portal Correio naçãoruralista.com.br - radio jornal e portal

Um vídeo mostra o animal sendo arrastado vivo por um banhista do mar até a areia; ele não resistiu e morreu. O caso ocorreu na praia do Amor, no Conde, na Região Metropolitana de João Pessoa, no sábado (26).

O Delegado Titular da Delegacia de Meio Ambiente, Ragner Magalhães, disse que, conforme os pescadores, os envolvidos teriam colocado o tubarão na mala de um veículo, ainda não identificado, seguindo destino ignorado.

“Uma vez sendo identificados, os responsáveis poderão ser responsabilizados criminalmente, por terem supostamente praticado o crime previsto no artigo 29 da Lei de Crimes Ambientais — matar animais da fauna brasileira sem a devida autorização legal, com pena prevista de detenção de 6 meses a 1 ano, e multa (em abstrato)”, disse Ragner.

A Delegacia de Meio Ambiente orienta que qualquer informação sobre a identificação e localização dos envolvidos, a população pode colaborar através do disque denúncia (197), sendo garantido o anonimato e sigilo.

O ato de abuso, maus tratos ou mutilação de animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, é crime ambiental e tem pena prevista de três meses a um ano de detenção mais multa.

Veja o vídeo:

Postar um comentário

0 Comentários