segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Cartaxo empossa 35 novos conselheiros tutelares de João Pessoa

Trinta e cinco novos conselheiros tutelares de João Pessoa e onze suplentes foram empossados na manhã deste domingo (10), pelo prefeito Luciano Cartaxo. A cerimônia aconteceu no auditório máster da Estação Ciências Cultura e Artes, no Altiplano Cabo Branco. Eleitos pela escolha direta da população amparada por lei para um mandato de quatro anos, eles terão a missão de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente, definidos no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Leia mais Notícias do Portal Correio
 e naçãoruralista.com.br - RADIO JORNAL E PORTAL


Os sete conselhos tutelares da Capital são subdivididos por regiões: Norte, Sul, Sudeste, Mangabeira, praia, Valentina e Cristo, que devem funcionar diuturnamente a serviço da população, para atender qualquer tipo de violação dos direitos da criança e do adolescente. “É com muita força de vontade que pretendo atuar para fazer um grande mandato, e isso será possível fazendo parceria com toda a rede, para juntos, fazermos o melhor”, disse a conselheira Tutelar do Valentina, Janete Fernandes de Araújo.

Cartaxo destacou que das sete regiões do órgão, duas - Cristo e Valentina – foram criadas durante a sua gestão para reforçar a atenção e o cuidado com as crianças e adolescentes de João Pessoa. Ele ressaltou ainda os investimentos da prefeitura nesse sentido, a exemplo da construção e reforma de Centros de Referência a Educação Infantil (Crei), o que permitiu segundo o prefeito, a ampliação do número de vagas na rede de ensino, de quatro para 11 mil novos postos.

“Isso significa a preocupação da nossa gestão com as crianças da nossa cidade, porque o investimento em educação na base transforma uma cidade, transforma um país, destacou o prefeito. “Todos os conselheiros estão tomando posse nesse dia de hoje porque tem qualidade e competência para cuidar dessa causa tão importante que são as crianças e os adolescentes”, finalizou.

A cerimônia foi prestigiada por autoridades do Poder Legislativo Municipal, Ministério Público e de representantes da Sociedade Civil Organizada. O promotor de Justiça Alley Escorel, destacou a lisura do pleito ocorrida em outubro do ano passado e desejou sorte ao colegiado. “A posse de vocês é ato consumado, e façam valer a responsabilidade que lhes foi dada para fazer um grande trabalho em prol das nossas crianças e adolescentes”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário