Prefeita da PB é condenada a prisão por suspeita de participação em fraude trabalhista

A prefeita do município do Conde, Tatiana Correia (PTB do B) foi condenada, na quarta-feira (9), pelo Tribunal Regional Federal da 5º Região, a dois anos e seis meses de prisão em regime fechado, além de multa, por suspeita de participação em crime de apropriação indébita de créditos trabalhistas de funcionários de uma empresa agrícola.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio - RADIO JORNAL E PORTAL enaçãoruralista.com.br 

Segundo processo, a prefeita é suspeita de participar de esquema que se iniciou com instauração de inúmeras ações trabalhistas no ano de 1997, onde ocorriam fraudes no pagamento de créditos trabalhistas de ex-funcionários da empresa Lundgren Agropastoril Agrícola S/A (LUPASA).

Com a condenação, Tatiana ficaria impedida de concorrer a reeleição em 2016. De acordo com a defesa da prefeita, eles vão aguardar a publicação da condenação para recorrer da decisão.

Postar um comentário

0 Comentários