domingo, 20 de dezembro de 2015

Motociclistas usam rampa para deficientes e param em locais proibidos do Centro de JP

Motociclistas que trafegam nas imediações do anel externo do Parque Solon de Lucena, a Lagoa, em João Pessoa, estão cometendo irregularidades e estacionando as motos sobre os canteiros centrais, atrapalhando o trânsito de pedestres e causando riscos de acidentes.

Leia mais Notícias no Portal Correio e naçãoruralista.com.br

De acordo com um internauta, que registrou a irregularidade sendo praticada, para ter acesso ao canteiro central, os motociclistas utilizam a rampa para deficientes e estacionam as motos. 

A manobra também estaria ocorrendo por meio de outra irregularidade, já que muitos motociclistas não sinalizam a conversão (que é proibida), podendo causar acidentes com outros veículos e com pedestres.

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana em João Pessoa (Semob) disse ao Portal Correio que as irregularidades são conhecidas e praticadas nos momentos em que os agentes de trânsito deixam o local para fazer fiscalização em outros pontos do Centro.

“Após a passagem da fiscalização, que aplica os autos de infração e retiram os veículos irregulares, outros [motociclistas] tornam a cometer a mesma infração, sendo novamente sanado com nova passagem a equipe. A Semob vai intensificar a fiscalização no local”, disse o órgão.

Ainda segundo a Semob, os motociclistas flagrados nesses casos estão cometendo infração grave, que resulta em multa de R$ 127,69 e podem perder cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O veículo também é removido.

Denúncias de irregularidades no trânsito podem ser feitas por qualquer pessoa por meio dos números 0800 281 1518, 3218-9330 ou 3218- 9336, que são contatos da Central de Informações e Reclamações da Semob.

Nenhum comentário:

Postar um comentário