Espancado por PMs diz que viu esposa ser assediada por um deles; caso é apurado

O homem de 36 anos que teve a casa invadida por policiais militares e ainda foi espancado por eles, na sexta-feira (18), disse nesta terça-feira (22) que o caso ocorreu porque ele brigou com um policial que teria assediado a esposa da vítima. Ele falou pela primeira vez após a confusão no Correio Debate, da Rede Correio Sat. O caso ocorreu em Mangabeira, na Zona Sul de João Pessoa, e um vídeo que o registra repercutiu nas redes sociais. Assista abaixo.

Leia mais Notícias no Portal Correio

A vítima disse que viu a esposa ser convidada para sair pelo policial que a aguardava em um táxi, na porta de casa, ainda na sexta (18). Ele falou que discutiu com o PM e que a mulher estava se recusando a aceitar o convite. Poucas horas depois, segundo o relato no Correio Debate, a PM foi a casa da vítima para, supostamente, revidar a situação.

A Polícia Militar informou nessa segunda (21) que atendeu a um chamado sobre agressão física na casa do homem de 36 anos e que ele foi autuado por lesão corporal, desacato e resistência à prisão.

O corregedor da Polícia Militar da Paraíba, coronel José Ronildo, disse ao Correio Debate desta terça (22) que já recebeu a denúncia e as imagens. Segundo ele, foi determinada uma investigação rigorosa. “Não somos a favor de pratica de violência. Os policiais são orientados a cumprir com rigor as leis e será dada uma reposta à sociedade”, finalizou.

Postar um comentário

0 Comentários