Vital do Rêgo foi um dos parlamentares mais importantes do Brasil em 2014, segundo revista

O ex-senador e atual ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Vital do Rêgo foi considerado o melhor representante paraibano no Congresso Nacional e um dos melhores do Brasil. A constatação veio da Revista Veja, que divulgou o Ranking do Progresso: os melhores parlamentares de 2014.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio e naçãoruralista.com

A escolha de Vital foi feita através de uma avaliação objetiva do desempenho dos senadores e deputados que, “no conjunto, tratam o país com seriedade”, conforme a revista. O estudo foi feito pela Veja em parceria com o Núcleo de Estudos sobre o Congresso (Necon) e o Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Iesp-Uerj) que apontou Vital como o 11° melhor senador do Brasil.

Vital do Rêgo também foi destaque na pesquisa que o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), que elenca os 100 ‘Cabeças’ do Congresso, elegendo os parlamentares mais influentes. 

Segundo Vital, os trabalhos feitos na presidência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), considerada a mais importante da casa, à frente da CCJ, acompanhou de perto o projeto de reforma do Código Penal, PEC do voto aberto, PEC da Música, a PEC das Domésticas; Orçamento Impositivo, a Minirreforma Eleitoral, Plano Nacional de Educação (PNE), dentre outros projetos, contribuem para a boa avaliação do seu mandato.

Além da CCJ, Vital presidiu diversas comissões temporárias, como a de modernização da Lei de Licitações e Contratos, a destinada a propor soluções ao financiamento da saúde pública no Brasil, a comissão especial de segurança pública e a comissão externa destinada ao acompanhamento das obras de transposição do rio São Francisco.

Vital também é considerado um dos parlamentares com maior atuação na destinação de recursos para o Estado. Em sua atuação legislativa, Vital conseguiu destinar mais de R$ 600 milhões em obras, que estão presentes em todos os 223 municípios paraibanos.
FERNANDO COUTINHO Naçõruralista.com.br

Postar um comentário

0 Comentários