Ruy Carneiro é recebido por diretores e funcionários do Hospital Napoleão Laureano


O deputado federal Ruy Carneiro (PSDB) foi recebido na manhã desta sexta-feira (16) pelos diretores e funcionários do Hospital Napoleão Laureano, em João Pessoa. A visita serviu como agradecimento da equipe ao empenho do parlamentar paraibano responsável pela maior emenda da história da instituição, o valor soma R$3,7 milhões.
Os recursos da emenda individual de Ruy Carneiro serão empregados na aquisição do PET-Scan, um dos mais modernos equipamentos do mundo no diagnóstico do câncer. “Será o primeiro da Paraíba e um dos poucos do Nordeste. O paraibano não vai mais precisar deixar seu Estado para fazer esse exame. O deputado teve boa vontade e excelente visão”, agradeceu o diretor-geral do Hospital Napoleão Laureano, João Batista Simões.
 
Além da visita as instalações do Hospital, o parlamentar conversou com a equipe técnica. “É importante está aqui, conversar com as pessoas, ouvir suas demandas e os seus desafios”, iniciou Ruy Carneiro.
 
Dos diretores do Laureano, o deputado recebeu o projeto de ampliação do Hospital. No entanto, uma resolução do Ministério da Saúde, proíbe a aplicação das emendas parlamentares para ampliação de unidades hospitalares administradas por Fundações. “As emendas da bancada, se pagas com total êxito, servirão para a compra de equipamentos, mas não para o projeto de expansão. É preciso mudar a legislação para esses casos. Essa é uma preocupação que vou compartilhar com toda a nossa bancada”, antecipou.
 
Por sugestão de Ruy Carneiro, os diretores do Hospital encaminharão convites a todos os parlamentares federais para uma visita ‘in loco’. “O que os olhos não veem o coração não sente. Acho importante uma visita de toda nossa bancada ao Laureano. É importante sentir essa atmosfera de doação dos profissionais e de perseverança, e fé na vida, dos pacientes”, revelou Ruy.
 
-Acredito que nossa bancada poderá contribuir e muito com o projeto de expansão do Laureano. Se empenharmos todas as emendas teremos um ganho substancial nos equipamentos. Agora, é preciso uma força tarefa para conseguir os recursos para a obra de ampliação junto a iniciativa privada e a participação da sociedade paraibana, concluiu Ruy.
 

--
Assessoria de Imprensa

Postar um comentário

0 Comentários